Fotografia com pouca luz: foto noturna.

Fotografia noturna costuma ser dor de cabeça não é mesmo? Seja uma foto que você tira com seu celular, ou com uma máquina fotográfica, sempre temos aquelas velhas falas: ‘vamos pro outro lado, aqui está escuro’, ‘vamos fazer contra a luz’, etc…

Lendo o livro Dicas de Fotografia da fotografa Cláudia Regina (já comentei sobre ela aqui), encontrei uma parte em que ela nos trás algumas dicas super legais para ajudar nas fotos noturnas, e logo pensei: ‘Vou compartilhar o conhecimento’. Então, abaixo segue algumas dicas sobre foto noturna, para te ajudar seja nas fotos com os amigos, ou seja em um foto com uma câmera de uma forma mais seria.

Wedding-Angélica-e-Rafael-Life-Fotografia-de-Casamento-Criativo-Alex-Oliveira-Cyndi-Lara-Melhor-fotógrafo-de-Sorocaba-Case-de-Dia-Fotos-de-Noivas-27

1 – USE UM TRIPÉ OU ISO ALTO: Se você não tiver um tripé, também dá para subir o ISO sem medo! O ruído resultante pode ser suavizado na pós-produção ou pode ser incorporado na foto;

2 – USE O NIVELADOR DA CÂMERA: É muito fácil fazer fotos noturnas tortas, pois temos menos referências. Nessa situação o ideal é usar o nivelador embutido da sua câmera para ter horizontes retos. Procure no seu manual: se sua câmera não possui nivelador, use o nivelador de bolha do tripé. (Ok, caso você esteja tirando apenas uma foto, com o celular ou câmera normal, essa dica não será muito útil);

3 – CHOVEU? FIQUE FELIZ: Chuva costuma ser uma péssima notícia, mas para fotos noturnas ela é bem vinda. Já notou que na maioria das cenas noturnas dos filmes as calçadas estão molhadas? É que a água reflete a luz, logo a chuva nos ajuda a deixar a cena mais bem iluminada e interessante;

4 – USE ABERTURAS FECHADAS: Aberturas mais fechadas (como f/22) permitem exposições mais longas e, consequentemente, conseguimos registrar movimentos de forma interessante;

5 – PROCURE MÉTODOS ALTERNATIVOS DE ILUMINAÇÃO: Luminárias, velas, lanternas e até um tablet podem servir como fonte de iluminação. Essas fontes não são muito potentes, mas colocando-as bem pertinho do assunto você conseguirá resultados perfeitos;

6 – FOCO: use o foco manual, pois é mais fácil focar onde existe mais luz do que onde está escuro. Não confie no AF neste caso;

7 – PARA FOTO NÃO FICAR COM MUITO RUÍDO: aposte na longa exposição ao invés do ISO alto.

8 – PARA A FOTO NÃO FICAR TREMIDA: o tripé é seu amigo, mas se não tiver um disponível, apoie a câmera em um banco, no chão, no muro, em qualquer lugar;

9 – PARA A FOTO NÃO FICAR ESCURA: Dificilmente seu fotômetro ficará zerado. Embora, repito, situações diferentes peçam soluções diferentes, lembre-se que a tendência é que o fotômetro fique um ou dois pontos no negativo. Na dúvida, teste e refaça.

Agora faça como eu, aproveite as dicas e vamos colocar em prática!

Anúncios

Autor: Ricardo - Clicks Online

Ricardo Alves, Goiano, 25 anos. Fotografo amador, blogueiro amador, mas, sonhador autentico! Unindo a paixão pela fotografia com o sonho de um dia ser jornalista. Caminhando, mesmo que ninguém acredite, para alcançar o sonho de poder ser o que deseja

3 comentários em “Fotografia com pouca luz: foto noturna.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s