O mais belo de todos os dons: GERAR VIDAS.

IMG_0384

O dom de gerar vidas, dado apenas à mulher, afinal, o homem não seria tão forte o suficiente para passar por todos os processos da gestação.

O dom de gerar vidas, dado apenas aquela que por mais que tudo esteja desabando, conseguirá olhar para o fruto do seu frente com amor e compaixão, as vezes, não concordando com o caminho tomado pelo seu bem maior, mas será capaz de amá-lo incondicionalmente.

Dom esse concedido, com todo amor e cuidado pelo criador do universo, afim de que fosse usado, como o selo final do amor entre um homem e uma mulher, no momento em que a matemática é contrariada: 1+1 tornam-se 3.

Ah Criado, como fostes gentil em deixar tal dom, uma pequena fábrica de sonhos, alegrias, realizações, uma pequena fábrica criada com todo o cuidado, para que fosse perfeita (e cá entre nós, realmente é perfeita).

Em apenas nove meses, tudo se transforma: o corpo humano levado ao limite, enjoos, estica, vai para um lado, vem para o outro, chutes, apertos, até uma dorzinha na costela (o medo de todas), mas recompensado por uma simples sonoridade: o choro do bebê. Tudo fica em silêncio e a criança tem seu primeiro contato com a protetora, a sua cuidadora.

Obrigado primeiro ao Criador e depois a Sua crianção, por nos ensinar a cada momento, que vida é o bem mais precioso e que nos foi dado a oportunidade de gerá-la, mesmo em um mundo onde muitos escolhem tirá-la.

PNG x JPG

Todo mundo aqui já viu esses dois formatos. Claro que sim, você baixa uma foto na internet e normalmente ela vem em .png ou .jpg. Mas porque essa diferença? Para que serve um e para que serve outro?

Vamos aprender juntos? Estou realmente apaixonado nessas tirinhas que fazem resenha e trazem muitas informações super uteis.

É hora de aprender.

Créditos www.printi.com.br
Créditos http://www.printi.com.br

Explorando o modo Manual.

Que tal aprender a fotografar tirando sua câmera do automático e usando o modo manual?

Com vocês, um pequeno manual para conseguir abrir a mente de uma forma mais simples sobre como usar os recursos essências para uma fotografia:

Credito de adptação youtube.com/calibre35mm
Credito de adptação youtube.com/calibre35mm

Netflix: O Inicio da Vida #FaçaDiferente

E quem aqui gosta de criança? Sou apaixonado e por incrível que pareça, é reciproco o sentimento. Sou apaixonado por tudo que envolve crianças.

E hoje quero falar sobre um documentário super maravilhoso que está disponível no Netflix (cá entre nós, cada conteúdo bom nesse servidor, vale a pena).

o-comeco-da-vida

Já teve curiosidades em saber porque as crianças repetem certar atitudes, mesmo depois que você diz para não fazer? Já teve a curiosidade em saber se as crianças entendem o que falamos?

Eles percorreram os quatro cantos do mundo (8 países para ser mais exato), mostrando situações diferentes e ao mesmo tempo iguais, do período chamado, primeira infância (que vai do nascimento aos 6 meses), e especialista, explicam e ensinam a importância de cada momento.

Então é hora de assistir esse documentário e se divertir demais, até mesmo se emocionar, afinal, crianças são os serumaninhos (sempre quis falar isso rs), mais fofos e verdadeiros que existem na Terra, e esse documentário só me reafirmou essa certeza.

FaçaDiferente

Abrir meu negócio: esse é o momento certo?

Hoje eu quero dedicar um tempo para abrir os olhos de quem sonha em ter seu próprio negócio. É um alerta, que claro, acaba mais como um artigo de opinião, visto que não sou formado na área de economia (a pesar de ter cursado 6 períodos de Contabilidade), mas um apaixonado por jornalismo, que procuro sempre ler sobre o assunto e as tendências do mercado.

Algumas dicas básicas para quem quer abrir uma empresa, a primeiro momento, é observar as tendências do mercado.

  • Como está as portas para a sua área de negócio no momento? Não adianta querer abrir um negócio e investir nisso, sem saber se o retorno vai voltar da forma que espera. Lógico, que uma empresa para dar certo, ainda mais no começo, precisa muito da ajuda de parcerias. Mas abra o olho, existem muitas pessoas de má fé no mercado, não se iluda.
  • Você tem se especializado na sua profissão? Imagine comigo, comecei a me aventurar de verdade na área que gosto no segundo semestre deste ano. Como eu poderia neste momento pensar em largar tudo para viver tal profissão? Antes de mais nada, você precisa estar apto e seguro no que faz, para depois pensar em algo desta grandeza. Estude, leia, participe de workshop’s, converse com pessoas que já estão na área que deseja atuar, leia opiniões de profissionais que deram certo. Conhecimento é a base de qualquer área.
  • Você realmente gosta do que faz? Observe isso seja em qualquer área que deseja ir. Se você faz o que gosta, com certeza vai fazer o seu melhor. Imagine se você trabalha na área que não gosta e resolve fazer um investimento nisso. Tenha certeza, você vai fracassar.
  • Como está o mercado no momento? Infelizmente, vivemos momentos instáveis na nossa economia. Nosso pais regrediu anos no que conseguimos conquistar, hoje, realmente antes de dar qualquer passo, você precisa saber se o mercado está favorável.
  • Tenha um diferencial. Se você realmente entendeu que esse é o momento, é hora de procurar o seu diferencial. Com certeza, na sua cidade vão ter vários outros profissionais que atuam na sua área. O diferencial que fosse oferece, talvez vai ser o que vai fazer com o cliente deixe de procurar A ou B para fechar negócio com você. Entende que diferencial não é ser desleal.
  • Procure um profissional para te orientar. Você precisa de ajuda, mesmo que entenda um pouco de determinada área, é hora de ir atrás de ajuda. Procure um contador de sua confiança ou por indicação de alguém que já trabalha com negócio e tem o profissional com ele, sente e procure entender tudo que precisa para poder iniciar de forma legal seu negocio. Procure um profissional para cria suas artes de divulgação. Sim, até agora você mesmo criou tudo que tem, mas quando falamos em empresa, não podemos mais nos contentar com o básico, precisamos investir em marketing.

São algumas dicas que procuro passar para vocês meu leitores, afim de ajudar e ser ajuda. Tudo é possível, o espírito empreendedor vive dentro de quase todas as pessoas, mas precisamos antes de dar um passo, avaliar todos os pós e os contras de nossa atitude.

Caso queira compartilhar algo, use os comentários, estarei pronto a responder e juntos vamos compartilhar conhecimento.

 

É a favela, no topo do Olimpo: Rio 2016!

E após 19 dias de competições, confesso que ainda não tinha parado para observar muita coisa do que estava acontecendo nas Olimpíadas. Somos um país focado no futebol e no vôlei, os outros esportes, quase não damos a devida atenção, e vemos isso claramente, ao perceber que o Campeonato Brasileiro é um dos maiores do mundo, mas não vemos isso em outros esportes.

E então, ao final dos jogos, observo a narração de um resumo geral do que aconteceu, e me pego pensando, em cada atleta que entrega sua vida, e é conhecido ou lembrado apenas quando estão ganhando algo.

E o que me marcou, foi apenas uma frase que representa o sentimento de milhares de atletas, brasileiro, guerreiros, trabalhadores:

“… é a favela no topo do Olimpo…”.

000_f15w6-1649491
Nascido em 25 de outubro de 1988, Robson Conceição é de origem humilde. Cresceu com a avô e com a mãe no bairro de Boa Vista de São Caetano, em Salvador, e nunca manteve contato com seu pai. Quando jovem treinava todo dia, percorrendo as ruas. Começou a trabalhar jovem para se sustentar e quase não dormia. Para treinar, ele se deslocava por 9km a pé, pois não tinha condições financeiras de bancar o transporte. Além disso, precisava ajudar a mãe e a avó em casa. Começou a trabalhar com feirante, acordava cedo e ia direto para a barraca da Dona Neusa. Lá montava toda a estrutura, carregava caixas de frutas e verduras e depois ia estudar. Depois de estudar, Robson retornava para a feira e ajudava a desmontar tudo. Os treinos só aconteciam à noite, por ser seu único tempo livre. Além de feirante, ele já trabalhou como; carregador de compras, vendedor de picolé na praia, ajudante de pedreiro, vendedor ambulante em sinal de trânsito, entre outros. (Wikipédia)
Rafaela Silva cresceu na favela carioca da Cidade de Deus. O primeiro esporte de que gostou foi o futebol, praticando contra outros meninos em um campo de terra próximo a sua casa, em Jacarepaguá. Preocupados com o tempo gasto brincando na rua, quando Rafaela tinha 7 anos seus pais, Luiz Carlos e Zenilda Silva, a inscreveram junto da irmã, Raquel, para aulas de judô no Instituto Reação, recém-montado na Cidade de Deus pelo ex-atleta Flávio Canto. (Wikipédia)
Isaquias
Nascido em Ubaitaba, Bahia. Desde pequeno, Isaquias teve que encarar os desafios propostos pela vida, a exemplo da morte do pai. Segundo um vizinho, ele e mais cinco irmãos foram criados apenas pela mãe, pois o seu genitor morreu quando ela era pequeno. A vida ainda aprontou mais uma com o canoísta: quando tinha apenas 10 anos, perdeu um rim durante um acidente. O jovem precisou ficar internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital em Itabuna, no sul da Bahia. Mas a retirada do órgão não seria suficiente para deter o baiano, que batalhou em busca do tão sonhado reconhecimento. (R7)